domingo, 7 de agosto de 2016

Resenha: Encrenca - Non Pratt

Verus Editora♥308 páginas♥2016

Encrenca é um livro voltado para o público jovem e aborda várias problemáticas adolescentes em uma leitura leve e gostosa de se fazer.

Hannah é uma menina de 15 anos ainda no período escolar que se vê em um impasse grande demais para saber como lidar: ela engravida e decide não contar pra ninguém quem é o pai de seu bebê.

Como Hannah era conhecida por “namorar” muitos caras ao mesmo tempo, logo sua situação vira bullying, seja de outras garotas que tentam fazê-la sentir-se uma vagabunga, ou pelos meninos, que não perdem a chance de magoá-la, alguns deles, aliás, com medo de ser o pai da criança.

Quando Hannah se vê completamente sozinha e abandonada até mesmo por Kate, sua melhor amiga, ela descobre em Aaron Tyler um tipo de amizade que ela nem imaginava que poderia existir.

Além de estar sempre ao seu lado, Aaron decide assumir a paternidade do bebê de Hannah, mesmo nunca tendo tido nenhum tipo de envolvimento com ela.

Aaron carrega uma culpa muito grande em seu coração de um trágico acontecimento em seu passado, do qual ele nunca conseguiu se perdoar.

A dúvida que fica é, quais serão os motivos de Aaron aceitar tamanha responsabilidade e enfrentar um desafio desses? Será que ele realmente só está querendo ajudar uma garota totalmente perdida, ou ele mesmo, o garoto novo na escola que parece ter muito a esconder, está usando esta situação para tentar fugir de seus próprios problemas?

O livro nos traz dois protagonistas problemáticos que de uma hora pra outra precisam lidar com assuntos e perdas muito dolorosas para alguém tão novo, encontrando um no outro o apoio que precisam para seguir em frente, nascendo a partir daí um lindo sentimento de cuidado, afeto e amizade.

O livro é narrado em primeira pessoa sendo intercalado entre Hannah e Aaron, nos possibilitando assim, acompanhar melhor seus próprios dramas até o ponto onde seus caminhos acabam se cruzando.

A narrativa é fluida e fácil, o enredo se mantém linear durante todo o livro, sem muitas reviravoltas, o único ponto talvez um pouco mais dramático foi o momento da descoberta de quem era o pai do bebê, mas não foi uma surpresa, ao longo da leitura eu já tinha desconfiado dele.

No final da leitura pude concluir que eu claramente não sou o público alvo do livro, mas achei-o incrível para adolescentes que certamente se identificarão em vários momentos e situações da estória.

Indico Encrenca para um público mais adolescente, podendo agradar também quem curte YA, pois a autora conseguiu escrever sobre assuntos bem polêmicos de uma forma bem balanceada inserindo várias situações divertidas e leves no meio do que seria apenas um drama.

Beijinhos,

 ♥Alice ♥

Comente com o Facebook:

22 comentários:

  1. Achei a premissa do livro interessante e me lembrou Eu, Você é a Garota que Vai Morrer. Nao leio muito esse gênero, mas de vez em quando é bom!
    Beijos
    whoosthatgirrl.blogspot.com
    Checa a entrevista que fiz com várias autoras do wattpad ;)

    ResponderExcluir
  2. Olá Alice, eu sou muito fã do gênero YA gosto de ler porque apesar de trazer um drama os livros costumam apresentar também uma leveza, eu não conhecia esse livro, mas amei a dica! E já quero ler com certeza! Sua resenha está super sincera e eu amo resenhas assim!

    Beijos
    Dani Cruz
    blog-emcomum.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que você gostou, Dani! As vezes é dificil e um pouco contraditório falar sobre um livro que não te toca especificamente, mas que mesmo assim é muito bem escrito.
      Beijinhos

      Excluir
  3. Oi, Alicinha

    Fiquei chocada com essa parte "alguns deles, aliás, com medo de ser o pai da criança"...como assim, gente? A menina era rodada assim com apenas 15 anos? hahahahha
    Também acho que não sou o público-alvo do livro, mas agora estou aqui curiosa para saber quem é o pai dessa criança! hahahahaha

    Beijo
    - Tamires
    Blog Meu Epílogo | Instagram | Facebook

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. kkkk pois é, ela não perdia tempo não ;)
      Leia, o livro é bom!
      Bejinhos

      Excluir
  4. Oiii Alice

    Acho a premissa desse livro super interessante. Tá, gravidez na adolescência é um tema batido e muitos livros trazem isso, mas acho Encrenca um livro delicado e leve, que parece que apresenta a questão de um jeito que instrui mas tb envolve o leitor. Preciso ler esse livro,a cho que irei gostar.

    Beijos

    unbloglitteraire.blogspot.com.ar

    ResponderExcluir
  5. Olá!

    Achei a resenha muito boa e me deixou curiosa para conhecer o livro.
    Adicionei em minha lista para um dia dar uma chance para ele.

    www.donadegato.com
    Beijos!

    ResponderExcluir
  6. Oi, Alice!
    A história do livro parece ser bem interessante. Eu gosto muito desses "dramas adolescentes", já que apesar de não ter sido mãe na adolescência, eu bem tive minha cota de bullying. rs
    Adorei a resenha!^^
    Beijo

    Canastra Literária | Facebook | Twitter

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É bom tornarmos este tipo de assunto cada vez mais aberto para debate, né!? Adoro este tipo de literatura que não tem medo de abordar "assuntos polêmicos".
      Beijinhos

      Excluir
  7. Nossa, muitas problemáticas num único livro mesmo, a começar pela gravidez na adolescência que passa longe de ser passível apenas de bullying, ter um filho é o maior passo das nossas vidas e é preciso estar preparado para isto... Tô louca para ler este livro!

    Bj, Van - Retrô Books
    http://balaiodelivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Leia, acho que você vai curtir, Van!
      Beijinhos

      Excluir
  8. Oi, Alicinha!
    Esse foi um dos livros que mais gostei de ler até aqui. A leitura fluiu muito, gostei muito dos personagens e das problemáticas abordadas. POucos livros trata da gravidez na adolescência, acho necessário trazer isso para a literatura também.

    Um beijo.
    Diego, Blog Vida e letras
    www.blogvidaeletras.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tb acho um assunto muito importante, Di!
      Que bom que você gostou tanto!
      Beijinhos

      Excluir
  9. Oi, Alice! Tudo bem? 20 anos é ser jovem? hahahaha Se for, talvez eu curta o livro! rs Ah, também gosto de YA, então é provável que se eu lesse o livro eu gostasse...

    Abraço

    https://tonylucasblog.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Oi
    a história do livro parece ser legal, lembro que vi várias divulgações dele só que poucas resenhas, mesmo eu não sendo o publico alvo acho que leria, pelo menos curtiu a leitura.

    momentocrivelli.blogspot.com

    ResponderExcluir
  11. Oi Alice!

    Que livro interessante, quantos pontos legais abordados, pensei em dar de presente para minha sobrinha adolescente, mas acho que até eu acabarei lendo, acho importante nós adultos tb ler esse tipo de obra, que sinceramente, depois da sua resenha, parece ser um livro mais profundo que eu imaginava.

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  12. Oi Alice,
    Eu adorei tanto essa livro. Achei sincero.
    Nada de enrolação ou uma adolescente inconsequente, Hannah abraça a ideia de ser mãe e tenta fazer as coisas darem certo.
    Realmente é para um público mais novo, mas gostei mesmo assim!
    Beeeijos
    http://estante-da-ale.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  13. Eu gostei bastante por a autora não ter apelado pro romantismo, deixando a amizade dos dois crescer naturalmente. É claro que ambos tinham seus próprios interesses, mas acabaram criando um afeto mútuo. E todo o crescimento, principalmente da Hannah, é admirável. Um livro teen super válido mesmo. Adorei a resenha!

    xx Carol
    http://caverna-literaria.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  14. Olá, tudo bem? Já faz um tempinho que estou com vontade de ler esse livro, ele parece ser ótimo. Adorei a resenha!

    Beijos,
    Duas Livreiras

    ResponderExcluir
  15. Olá, Alice!
    Confesso que no início eu não estava interessada neste livro, mas agora, sabendo mais, darei uma chance com certeza! A estória parece ser ótima :D Ainda mais com a autora abordando um tema polêmico de forma leve. Quero!
    Beijos, Garota Vermelha
    www.livrosdagarotavermelha.com.br

    ResponderExcluir
  16. Oi, Alice!

    Confesso que essa foi uma das minhas melhores leituras do ano até agora. Gostei dos personagens e de seus dramas. Também achei interessante o fato da autora tratar um assunto sério com um ar cômico e leve.

    Beijo!

    apenasumaleitura.blogspot.com.br/ | gotitmaju.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir