terça-feira, 10 de novembro de 2015

Resenha: Quando Nasce um Romance - Röhrig C.

Título Nacional: Quando nasce um romance

Autor: Röhrig C.

Editora: Creetespece

Número de páginas: 222 páginas

Ano: 2015

Sinopse: QUANDO NASCE UM ROMANCE é uma novela que fala sobre o cotidiano de um escritor em crise; alcoólatra, confuso, sem perspectivas, vivendo em uma cidade do interior. A única coisa que tem é a convivência de amizades de aparências. 
Ele não consegue escrever. Está bloqueado e sem ideias para iniciar sua próxima história. 
Com seu cotidiano cheio de problemas aparentemente sem nenhuma história para contar, ele apenas mergulha em seu próprio mundo. Jeux, o personagem principal, tem um grupo de amigos intelectuais que se reúnem todas as noites para conversar na mesa de um bar de uma cidade que outrora viveu seu ápice e hoje vive de um passado inventado. Um grupo de fracassados que se apoiam em suas próprias mentiras e jogos dissimulados na ilusão de disfarçarem o vazio que sentem além suas existências medíocres e seguras. 
Numa determinada noite em que novamente vai ao encontro dos amigos no bar, Jeux conhece a jovem Isabella. Mal sabia ele que se apaixonaria tão logo captasse naquele olhar um misto de sensualidade e paixão que todo homem distraidamente busca em uma mulher. 
Cansado de relacionamentos sem sentido Jeux entrega-se a esta nova paixão recheada de mistério, perigo, encontros às escondidas e sexo.
Nasce uma paixão, envolvente e confusa: diferença de idade, situação financeira, classe social, relacionamentos alternativos, o tempo em que cada um se encontra no mundo, tudo conspira contra eles. Ela com 21 anos, casada, universitária. Ele 33 anos, escritor alternativo e boêmio. O que os une é a necessidade de estarem juntos de forma intensa e transgressiva. 


“Uma surpresa e 12 dias é tudo que precisa para mudar sua vida.”


Fiquei muito animada quando Röhrig, autor parceiro aqui do blog, me contou que enviaria para eu resenhar a segunda edição de seu livro “Quando nasce um romance”. Já tinha lido a premissa do livro e ficado super curiosa, tanto com a história quanto com a escrita dele que é totalmente diferente do que costumo ler, e adoro sair da minha zona de conforto.

No livro acompanhamos de perto a vida de Jeux, um escritor frustrado que vive uma vida solitária e sem propósito. Jeux quer desesperadamente voltar a escrever, mas não encontra inspiração em nada.

Ele passa os dias bebendo, encontra no torpor do álcool uma válvula de escape para os problemas que não quer enfrentar, o fato de estar completamente sem rumo vai transtornando sua personalidade como, por exemplo, algumas crises de Toc vão surgindo.
O personagem é muito bem construído e as primeiras 50 páginas do livro mais ou menos são quase que introdutórias, onde tanto o personagem quanto o cenário é detalhadamente descrito, o que ajuda muito a entrarmos na história.

“Gosto de falar sozinho, de pensar sozinho, de viver sozinho. Não sou do tipo comunicativo e que gosta de ficar próximo das pessoas. Apesar de precisar delas.” Pag. 42

Uma noite Jeux sai de encontro a seus amigos em um bar, e o que seria mais uma noite de bebedeira e conversas se torna um divisor de águas na vida dele ao conhecer Isabella.
A atração entre eles é quase instantânea, é nítido para o leitor ver o quanto a garota consegue despertá-lo para a vida, trazendo de volta sentimentos e motivações que Jeux não encontrava mais.

A partir do momento que Isabella entra em cena eu não consegui mais largar o livro, o relacionamento deles envolve o leitor e eu queria logo saber como eles iriam “resolver” um grande empecilho que existia para que pudessem ficar juntos.

Será que Isabella era o que faltava na vida de Jeux? Como ele poderia se apaixonar tão de repente por alguém que mal conhece?

Quando nasce um romance é o primeiro livro que leio que mostra uma influência de “romance Noir”, um subgênero de romances policiais onde os personagens são quase imorais.

Tanto Jeux quanto Isabella são moralmente ambíguos,personagens cheios de defeitos e nada corretos; os lugares onde eles se encontravam eram sombrios e as situações geralmente caóticas.

A história se passa praticamente inteira no período da noite, até porque durante o dia, Jeux estava sempre dormindo ou tentando curar uma ressaca, o que fortalece mais a atmosfera boêmia em que os personagens vivem.

O final do livro me fez perceber que o “romance” que o título nos trás é diferente do que eu imaginava no início da leitura, mas mesmo assim foi um final muito bem montado.

Recomendo a leitura para quem quer ler algo diferente, uma leitura inquietante que mexerá com sua cabeça e seu estômago (algumas cenas escatológicas me deixaram meio com nojinho, confesso!).

Por ter cenas um pouco fortes de sexo e violência, não recomendo a leitura para menores de 18 anos, já que até eu fiquei um pouco chocada.

Ficou interessado em ler o livro?
Mês que vem o blog participará de um super sorteio de fim de ano e “Quando nasce um romance” será um dos livros que estarão participando, detalhe, uma cópia autografada muito bacana!

Para saber um pouco mais sobre o Autor, suas obras e entrar em contato com ele é só clicar aqui



Beijinhos,

Alice




Comente com o Facebook:

11 comentários:

  1. Oi Alice!
    Não conhecia esse livro, nem autor. Confesso que a premissa me deixa intrigada.
    É algo beeem diferente do que eu já li, vou querer participar do sorteio que você falou!
    Vai que eu ganho, né? Pensamento positivo sempre!
    Beijos
    http://estante-da-ale.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Oi, Alice!
    O livro me conquistou quando você disse (personagens são quase imorais) Rsrsrsrsrs
    Com toda a certeza vou participar do sorteio.
    Beijokas!
    http://viciadaporlivro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Oi, Alice!
    Bom, eu estou evitando a todo custo histórias assim; por mais que sua resenha esteja interessante e chame a atenção. kkkk
    Acho que no meu caso, o problema são os gêneros literários mesmo. Preciso ampliar minhas leituras, mas fico com receio de não fluir.
    Enfim... boa sorte com o sorteio!

    Um abraço,
    http://entreserieselivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Oi, Alice! Tudo ben?
    Sua resenha está ótima! Nunca li um livro desse tipo e não leria no momento. A premissa não me chamou tanta atenção!
    Beijos!
    http://apenasumaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Oi, Aliceeee

    Ahhh, então era esse o livro que você estava comentando lá no grupo? Eu fiquei interessada nesse lance da ambiguidade, viu!
    Dá para perceber que o livro é um pouco obscuro, né? Talvez ele choque os leitores menos experientes, mas eu já estou avisada do conteúdo e acho que seria interessante conhecer a história!

    Nosso sorteio está chegandoooooooo \õ/

    Beijo
    - Tamires
    Blog Meu Epílogo | Instagram | Facebook

    ResponderExcluir
  6. Oi Alice,
    Adorei a resenha, achei bem interessante.
    Além disso, gostei das citações.
    Beijos
    www.estilogisele.com.br

    ResponderExcluir
  7. Oi Alice,
    Gostei do protagonista ser escritor...e dessa pegada forte no enredo.
    Certeza que é uma leitura marcante e obscura.
    Opa ainda bem tenho mais de 18 há anos HAHAHAHAHAHAHA

    Ótima resenha..adorei os quotes, principalmente o segundo.

    tenha um ótimo domingo.
    Nana - Obsession Valley

    ResponderExcluir
  8. Vou participar do sorteio,pode ter certeza! ahahahahah :)
    Cara, eu amo livros assim sabe?Que retratam vidas de escritores, me identifico TANTO <3
    Gostei da premissa da história.Por meio da sua resenha, fiquei surpresa para saber como o autor apresenta Isabella :)
    Parabéns pela incrível resenha e pela parceria *_*


    beeijão :)
    http://carolhermanas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. As citações são ótimas bem marcantes!
    Ótima resenha!
    Vamos ver se ganho o meu no sorteio rs

    Beijos
    Dri

    ResponderExcluir
  10. Fiquei muito curiosa, estou procurando um livro marcante. Quero participar do sorteio, se não ganhar vou comprar mesmo assim ;) Ruth

    ResponderExcluir
  11. Fiquei muito curiosa, estou procurando um livro marcante. Quero participar do sorteio, se não ganhar vou comprar mesmo assim ;) Ruth

    ResponderExcluir