domingo, 22 de novembro de 2015

Promoção: Natal Literário


 Oi gente!    
  
Dezembro já está batendo em nossa porta, mês de muitas comemorações, de muita esperança, alegrias e é claro...presentes!

Eu e mais treze blogueiros amigos resolvemos fazer um presentinho para dois sortudos ou sortudas neste final de ano, um mega sorteio!!

Serão sorteados dois kits, o primeiro leva oito livros e o segundo leva seis livros mais marca páginas diversos.


     Para participar é simples, basta conferir com atenção as regrinhas abaixo e se inscrever no formulário.



LEIAM O REGULAMENTO COM ATENÇÃO:

·         As inscrições para o sorteio terão início dia 20/11/2015 e terminarão às 23:59 do dia 24/12/2015.
·         Os participantes devem ter endereço de entrega válido em território nacional.
·         Os participantes devem preencher todas as regras obrigatórias do formulário Rafflecopter.
·         Quando todas as regras obrigatórias forem preenchidas, o formulário Rafflecopter irá abrir as regras opcionais, ou seja, você preenche se quiser e quantas quiser. Mas é bom lembrar que quanto mais opções você preencher, mais vezes seu nome entrará no sorteio e mais chances você terá de ganhar!
·         O sorteio será realizado no dia 25/12/2015 e os vencedores serão anunciados no dia 27/12/2015.
·         Os vencedores terão 48 horas para responder o email de contato. Se não houver resposta, outro sorteio será realizado.
·         Cada blogueiro terá até 45 dias úteis para enviar o seu respectivo prêmio.
·         Os blogueiros não se responsabilizam por extravios e perdas por parte dos Correios.

Kit 1






a Rafflecopter giveaway

♥ Kit 2 




a Rafflecopter giveaway

Espero que vocês gostem da ideia, pensamos com muito carinho em uma forma de terminar o ano com chave de ouro e escolhemos os livros com muito amor!

Beijinhos e boa sorte,

Alice 

sexta-feira, 20 de novembro de 2015

Dia da consciência negra: três livros/filmes emocionantes que falam sobre o preconceito racial

Oi gente!
Hoje é 20 de novembro, dia em que é celebrado o “Dia da Consciência Negra” e achei uma data bacana para trazer no blog algumas dicas de livros/filmes que abordam o assunto racismo de uma forma bacana, seja com histórias inspiradoras e emocionantes ou personagens cativantes.

Achei legar trazer três livros que já tiveram suas histórias adaptadas para o cinema, assim fica mais fácil se você gostar mais de filme assisti-lo e se gostar mais de ler, ler o livro.


Vamos aos escolhidos?


A Resposta (Kathryn Stockett)
Romance de estreia da autora americana foi publicado em 2009 e tornou-se um best-seller.
Sua adaptação para o cinema aconteceu em 2011 e chama-se “Histórias Cruzadas” foi o primeiro filme em que comecei a notar a atriz Emma Stone.
Na história, acompanhamos a vida de algumas empregadas domésticas no ano de 1962 no estado americano do Mississipi, onde a discriminação racial era bem grande.
Com a ajuda de Skeeter (Emma) estas empregadas domésticas irão contar suas histórias e lutar por melhores condições em seus trabalhos.
A trama é tocante mais retratada de forma leve e em muitos momentos divertida, vale muito a pena!


Doze Anos de Escravidão (Solomon Northup)
O livro de memórias que foi publicado pela primeira vez nos Estados Unidos no ano de 1855 inspirou o longa metragem de mesmo nome dirigido por Brad Pitt em 2013.  A obra relata a história vivida pelo negro violinista Solomon Northup após ser raptado e vendido como escravo nos Estados Unidos onde por 12 anos ele foi torturado, na primeira metade do século 19.
O filme é bem pesado e chocante, mas de estrema importância para conhecermos a história incrível de Solomon.


A Vida Secreta das Abelhas

O livro foi publicado no ano de 2002, mas só conheci a história quando ganhou sua adaptação para as telonas no ano de 2008, trazendo como protagonista a atriz mirim (até então ainda era criança, né gente!) Dakota Fanning.

A história se passa na Carolina do Sul, no ano de 1964.

 Lily  (Dakota) é uma garota de 14 anos atormentada pelas poucas lembranças que tem da mãe falecida em um trágico acidente que ela acredita ser sua culpa.
Decidida a fugir dos maltratos do pai, Lily foge de casa com sua babá e única amiga Rosaleen (Jennifer Hudson) e segue a única pista que pode levar ao passado de sua mãe numa pequena cidade do interior.
Elas se hospedam então na casa das irmãs Boatwright, três irmãs negras que tem personalidades fortes e distintas.
No convívio com estas irmãs, Lily aprenderá bastante sobre a vida e descobrirá segredos do passado de sua Mãe que ela tanto desejava conhecer.
A história é linda e emocionante!


Gostaram das dicas?

Se você assistiu a algum dos filmes ou leu os livros, me conta aí se eles também te marcaram, vou adorar saber!


Beijinhos,

Alice




domingo, 15 de novembro de 2015

Wishlist especial - Black Friday

Já estamos na metade de novembro, este mês o post de wishlist está saindo um pouco atrasado pelo simples fato de que ao invés de escolher meus livros mais desejados entre os lançamentos do mês, resolvi bolar uma wishlist para a Black Friday que acontecerá no dia 27!

Estarei viajando na data, ou seja, provavelmente não conseguirei fazer compras online, mas terei acesso a grandes livrarias físicas no dia e espero encontrar lá algumas ofertas bacanas.

Quer ver alguns dos meus “objetos de desejo” para esta Black Friday?


Confere aí:


Simplesmente Ana - Comecei a me interessar por esta série só no lançamento de “Elena”, que é o terceiro livro. Espero bastante me empolgar com a leitura!

Trilogia de “Jogos Vorazes”- não tenho o primeiro livro da trilogia, juntando isso ao fato de eu ter emprestado “Em Chamas” e ele ter voltado acabadinho pra casa, quero o Box da trilogia pra chamar de meu!

O Duque e Eu - faz bastante tempo que quero começar a ler a série “Os Bridgertons”, tenho certo receio de que se encontrar a série com um preço amigo acabarei comprando-a toda (e pagando excesso de bagagem para trazê-los para casa)!


Bliss - infelizmente já desisti de esperar alguma editora brasileira trazer este livro para o Brasil, sou bemmm curiosa com esta história, tanto que decidi que irei lê-lo em inglês mesmo.


Dawson’s Creek (série completa) - tenho todas as temporadas da série, mas estes tempos resolvi revê-la e descobri que alguns dos DVDs das primeiras temporadas que comprei lá no inicio dos anos 2000 estão com defeitos, ou seja, PRECISO comprá-las novamente, certo? Certo!

Lost (série completa) - preciso ter Lost aqui comigo, é uma das minhas séries favoritas da vida!

Gostou das minhas escolhas?

Me conte aí quais são seus mais desejados para a Black Friday, quem sabe você me da uma dica bacana de algo que eu tinha esquecido e acabo aumentando minha lista? Kkkk

Beijinhos,
Alice





terça-feira, 10 de novembro de 2015

Resenha: Quando Nasce um Romance - Röhrig C.

Título Nacional: Quando nasce um romance

Autor: Röhrig C.

Editora: Creetespece

Número de páginas: 222 páginas

Ano: 2015

Sinopse: QUANDO NASCE UM ROMANCE é uma novela que fala sobre o cotidiano de um escritor em crise; alcoólatra, confuso, sem perspectivas, vivendo em uma cidade do interior. A única coisa que tem é a convivência de amizades de aparências. 
Ele não consegue escrever. Está bloqueado e sem ideias para iniciar sua próxima história. 
Com seu cotidiano cheio de problemas aparentemente sem nenhuma história para contar, ele apenas mergulha em seu próprio mundo. Jeux, o personagem principal, tem um grupo de amigos intelectuais que se reúnem todas as noites para conversar na mesa de um bar de uma cidade que outrora viveu seu ápice e hoje vive de um passado inventado. Um grupo de fracassados que se apoiam em suas próprias mentiras e jogos dissimulados na ilusão de disfarçarem o vazio que sentem além suas existências medíocres e seguras. 
Numa determinada noite em que novamente vai ao encontro dos amigos no bar, Jeux conhece a jovem Isabella. Mal sabia ele que se apaixonaria tão logo captasse naquele olhar um misto de sensualidade e paixão que todo homem distraidamente busca em uma mulher. 
Cansado de relacionamentos sem sentido Jeux entrega-se a esta nova paixão recheada de mistério, perigo, encontros às escondidas e sexo.
Nasce uma paixão, envolvente e confusa: diferença de idade, situação financeira, classe social, relacionamentos alternativos, o tempo em que cada um se encontra no mundo, tudo conspira contra eles. Ela com 21 anos, casada, universitária. Ele 33 anos, escritor alternativo e boêmio. O que os une é a necessidade de estarem juntos de forma intensa e transgressiva. 


“Uma surpresa e 12 dias é tudo que precisa para mudar sua vida.”


Fiquei muito animada quando Röhrig, autor parceiro aqui do blog, me contou que enviaria para eu resenhar a segunda edição de seu livro “Quando nasce um romance”. Já tinha lido a premissa do livro e ficado super curiosa, tanto com a história quanto com a escrita dele que é totalmente diferente do que costumo ler, e adoro sair da minha zona de conforto.

No livro acompanhamos de perto a vida de Jeux, um escritor frustrado que vive uma vida solitária e sem propósito. Jeux quer desesperadamente voltar a escrever, mas não encontra inspiração em nada.

Ele passa os dias bebendo, encontra no torpor do álcool uma válvula de escape para os problemas que não quer enfrentar, o fato de estar completamente sem rumo vai transtornando sua personalidade como, por exemplo, algumas crises de Toc vão surgindo.
O personagem é muito bem construído e as primeiras 50 páginas do livro mais ou menos são quase que introdutórias, onde tanto o personagem quanto o cenário é detalhadamente descrito, o que ajuda muito a entrarmos na história.

“Gosto de falar sozinho, de pensar sozinho, de viver sozinho. Não sou do tipo comunicativo e que gosta de ficar próximo das pessoas. Apesar de precisar delas.” Pag. 42

Uma noite Jeux sai de encontro a seus amigos em um bar, e o que seria mais uma noite de bebedeira e conversas se torna um divisor de águas na vida dele ao conhecer Isabella.
A atração entre eles é quase instantânea, é nítido para o leitor ver o quanto a garota consegue despertá-lo para a vida, trazendo de volta sentimentos e motivações que Jeux não encontrava mais.

A partir do momento que Isabella entra em cena eu não consegui mais largar o livro, o relacionamento deles envolve o leitor e eu queria logo saber como eles iriam “resolver” um grande empecilho que existia para que pudessem ficar juntos.

Será que Isabella era o que faltava na vida de Jeux? Como ele poderia se apaixonar tão de repente por alguém que mal conhece?

Quando nasce um romance é o primeiro livro que leio que mostra uma influência de “romance Noir”, um subgênero de romances policiais onde os personagens são quase imorais.

Tanto Jeux quanto Isabella são moralmente ambíguos,personagens cheios de defeitos e nada corretos; os lugares onde eles se encontravam eram sombrios e as situações geralmente caóticas.

A história se passa praticamente inteira no período da noite, até porque durante o dia, Jeux estava sempre dormindo ou tentando curar uma ressaca, o que fortalece mais a atmosfera boêmia em que os personagens vivem.

O final do livro me fez perceber que o “romance” que o título nos trás é diferente do que eu imaginava no início da leitura, mas mesmo assim foi um final muito bem montado.

Recomendo a leitura para quem quer ler algo diferente, uma leitura inquietante que mexerá com sua cabeça e seu estômago (algumas cenas escatológicas me deixaram meio com nojinho, confesso!).

Por ter cenas um pouco fortes de sexo e violência, não recomendo a leitura para menores de 18 anos, já que até eu fiquei um pouco chocada.

Ficou interessado em ler o livro?
Mês que vem o blog participará de um super sorteio de fim de ano e “Quando nasce um romance” será um dos livros que estarão participando, detalhe, uma cópia autografada muito bacana!

Para saber um pouco mais sobre o Autor, suas obras e entrar em contato com ele é só clicar aqui



Beijinhos,

Alice




sábado, 7 de novembro de 2015

Meta de leitura: 50 livros em 2015 - será que consigo?

Olá, gente!

Preciso começar este post me desculpando pela falta de postagens aqui no blog, me mudei a um pouco mais de 2 semanas e ainda não consegui me reorganizar direito na nova rotina, além de minha internet ter ficado bastante tempo "instável" para não dizer péssima.

Pois bem, acho que agora as coisas estão voltando ao normal e poderei retornar ao meu ritmo de dois a três posts por semana. ;)

O ano está passando MUITO rápido, quando entramos no mês de novembro levei um susto ao me dar conta que já é final de 2015 praticamente. Logo no início do ano tentei estabelecer uma meta de ler 50 livros (no mínimo) em 2015, mas não era algo que ficava controlando e contando, sabe? Tinha desencanado da meta até semana passada quando resolvi contar quantos livros já tinha lido e vi que tinha lido apenas 42 livros, o que torna bem complicado eu ter sucesso na minha meta inicial.

Mas como é muito difícil pra mim desistir de algum plano, tentarei até o fim! kkk

Aí abaixo estão meus títulos escolhidos para tentar fechar os 50, sei que fui bem ousada incluindo títulos como "Battle Royale" que tem 664 páginas, mas tentarei mesmo assim.


O que acharam das minhas escolhas de leituras?

Quero muito saber se vocês também tinham alguma meta de leitura para o ano, e se sim, se acham que vão conseguir concluí-la ou não.

Queria também a opinião de vocês sobre por qual dos títulos começar, esta semana termino a leitura de "Destinado" da Carina Rissi e já quero começar a dar cabo nesta pilha de livros da foto.

Beijinhos,

Alice