quarta-feira, 27 de maio de 2015

Resenha: Os 13 Porquês - Jay Asher

Título Nacional: Os 13 Porquês

Título Original: Thirteen Reasons Why


Autor: Jay Asher

Editora: Editora Ática

Páginas: 256 páginas

Ano: 2009













Sinopse: Ao voltar da escola, Clay Jensen encontra um misterioso pacote com várias fitas cassetes.
 Ele ouve as gravações e se dá conta de que foram feitas por uma colega de classe que cometeu suicídio duas semanas antes. Nas fitas, ela explica que 13 motivos a levaram à decisão de se matar. Clay é um deles. Agora ele precisa ouvir tudo até o fim para descobrir como contribuiu para esse trágico acontecimento.

Os 13 Porquês nos trás um assunto muito polêmico que precisa e está sendo cada vez mais abordado na literatura, o suicídio.

Acho de grande valia qualquer forma de se abrir uma discussão sobre tabus como este, ou simplesmente fazer as pessoas refletirem mais sobre algo tão pouco falado, mas que acontece cada vez mais nos dias atuais, que é alguém se sentir tão desamparado, tão sem esperanças ao ponto de tirar a própria vida.

Este livro me tocou de uma forma bem mais profunda do que Reconstruindo Amélia (clique para ler a resenha dele aqui no blog) e aborda o mesmo assunto.

O livro começa com Clay encontrando um pacote destinado a ele, que contém 7 fitas enviadas por Hannah antes de morrer. Nas fitas, ela diz que 13 pessoas a fizeram chegar ao limite e decidir se matar, e se você recebeu as fitas, você é uma destas 13 pessoas, é um dos 13 porquês.

“Espero que vocês estejam prontos, porque vou contar aqui a história da minha vida. Mais especificamente, por que ela chegou ao fim. E, se estiver escutando estas fitas você é um dos motivos.” – Hannah

A cada fita que Clay terminava de ouvir, senti a dor de Hannah e também a dor de Clay que as recebeu por um motivo um pouco diferente das demais pessoas, as dúvidas que surgiam na cabeça do garoto que não entendia o porquê de Hannah considerá-lo um dos motivos para ter tirado a própria vida, já que eles se conheciam muito pouco, e nas poucas vezes em que conversaram ou estiveram juntos além da escola, ele não lembrava de ter feito algo de ruim para ela.

Descobrimos o porquê de Clay junto com ele, o que trás um tom de mistério para a leitura que te prende do início ao fim.

A forma que o Autor narra os acontecimentos através das fitas que Hannah deixa para é visceral e muito sincera, você sente ela se perdendo cada vez mais em problemas e situações que vão tirando sua vontade de viver, e saber que no final ninguém via, queria ou podia ajudá-la partiu meu coração em diversos momentos do livro.

As partes do livro que acompanhamos a narrativa em primeira pessoa pelo ponto de vista de Clay são igualmente angustiantes, senti as dúvidas dele e o desespero em se questionar se havia algo que pudesse ter sido feito ou dito que fizesse Hannah desistir desta idéia.

É uma leitura dolorosa e difícil embora a escrita do autor seja leve e fluida, em muitos momentos esquecia que estava lendo uma história e sentia como se fosse eu que estivesse escutando as fitas, ou seja, Jay Asher teve um poder incrível neste livro de me envolver por completo na leitura tornando-a assim uma experiência muito mais completa e densa.

Recomendo a leitura a todos, jovem que infelizmente convivem com o bullying diariamente e muitas vezes não sabem como agir diante dele e adultos, que já passaram por isso ou não, mas que com esta leitura, podem enxergar o suicídio por uma perspectiva diferente, entender que os motivos das pessoas decidirem por este fim é algo muito pessoal e íntimo, que a dor do outro nunca pode ser medida pela nossa dor.



Comente com o Facebook:

5 comentários:

  1. Olá!
    Já tem um tempo que desejo ler esse livro. O suicídio realmente precisa ser comentado com mais frequência. É um assunto bem delicado, eu até esperava um livro triste, mas nem tanto haha'
    Vou dar um jeito de adiantar ele nas leituras, estou muito curioso para saber os porquês :)
    Muito boa a sua resenha <3
    Abraço!

    http://blogliterando.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ele é muito bom Vitor!
      Vejo muitas pessoas que leram o livro comentando que acharam os motivos dela bobos e não tão importantes ao ponto de cometer suicídio, mas quem somos nós para julgar ou mensurar a dor e o sentimento de alguém, né?

      Excluir
  2. Já tinha visto bastante gente falando desse livro, mas de verdade acho que nunca tinha lido nem a sinopse! Geeente, não achava que era um livro tão bom - pelo menos foi o que me passou a sua resenha, ótima, como sempre!
    Adorei!
    Adivinha?! Tá na lista, agora!

    *.* Bjs

    O que disse, Alice? - www.oquedissealice.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu adorei Mah, ele me transportou facilmente pro mundo da Hannah e seus depoimentos me tocaram muito!
      Acho que você vai gostar! Beijinhos

      Excluir
  3. Oi, Alice! Tudo bem? <3

    Já que você gostou de "Os 13 Porquês", é mais um motivo para conhecer "O Último Adeus". O livro será publicado no começo de junho pela DarkSide Books. Fica a dica :) http://www.darksidebooks.com.br/o-ultimo-adeus/

    ResponderExcluir