segunda-feira, 11 de maio de 2015

Resenha: Batida do Coração - Katie Ashley


Título Nacional: Batida do Coração

Título Original: Beato f the heart

Autora: Katie Ashley

Editora: Editora Pandorga

Número de páginas: 387 páginas

Ano: 2014

Coleção: Runaway Train – livro 2










Sinopse - Após anos de relacionamentos ruins e um noivo infiel, Mia Martineli, de vinte e oito anos, prefere curar o coração de seus pacientes, em vez de correr o risco de ter seu coração partido novamente. Mas tudo isso cai por terra quando, ao cuidar do encarregado dos roadies da Runaway Train, coloca em sua vida o baterista e amante latino, AJ Resendiz.
Depois de um fim de semana de paixão ardente, a intenção de Mia de não machucar seu coração é colocada à prova pelo mulherengo de senso de humor malicioso, principalmente quando ele insiste em continuar a vê-la. Porém quando ela se depara com a dura realidade da enorme quantidade de admiradoras de AJ, suas inseguranças chegam ao limite e Mia deixa AJ algemado no chuveiro.
 AJ nunca imaginou que depois de duas semanas do melhor sexo com a melhor companhia possível, ele teria que ser resgatado por seus colegas de banda algemado dentro de um banheiro.
 Embora ele tente esquecer a morena sensual, cujas curvas o faziam salivar, AJ não consegue tirá-la da mente e... do coração.
 Meses depois quando ele finalmente procura Mia para descobrir por que ela foi embora, nada poderia prepará-lo para o reencontro que mudaria sua vida. Poderia AJ provar a Mia que, apesar de todas as mulheres que ele teve, seu corpo e seu coração pertence apenas a ela?



Na semana passada postei a resenha do primeiro livro da série Runaway Train.

Batida do Coração é o segundo livro da mesma série e traz como protagonista o baterista da banda, AJ.

Como a sinopse é quase uma mini-resenha e conta praticamente tudo que se pode dizer sobre o livro sem soltar um spoiler gigantesco, vou focar na minha opinião sobre a leitura ao invés de junto contar um pouco da história, ok?

Este segundo livro conseguiu me conquistar mais do que o primeiro (que eu já havia adorado) e vou explicar para vocês o porquê disso.

AJ é um cara sexy pra caramba, tem uma autoestima gigante e sabe o que fazer para conquistar uma mulher.

Mia, ao contrário da protagonista do primeiro livro, não é nada perfeita, tem muita dificuldade de confiar nas pessoas, é cheia de traumas e complexos e sente-se segura com o muro que construiu ao seu redor, onde poucas pessoas tem o direito de entrar.

Com uma forcinha de seu melhor amigo Dee, Mia acaba aceitando sair com AJ já que nunca mais teve um encontro com alguém desde que seu noivo a traiu com sua amiga.

O encontro de AJ e Mia acaba surpreendendo a eles dois, ela porque conhece um lado incrivelmente encantador dele, que a faz sentir-se bonita, desejada e respeitada, coisas que ela não era acostumada a sentir.

Já AJ, se encanta pela personalidade forte de Mia, seu jeito italiano meio estourado, seu senso de humor aguçado e o faz querer mudar o jeito destorcido que ela se enxerga, seu pessimismo sobre ela mesma e sua vida.

Os dois se apaixonam de uma maneira muito bonita, mas nenhum deles está disposto a assumir o que sente e dar o braço a torcer.

AJ tenta de muitas formas fazer Mia sentir-se mais confiante e entender que se ele está com ela é porque quer, que nenhuma das garotas do seu passado conseguiram tocar seu coração como ela e que ele nunca a trataria mal.

Conforme vamos avançando a leitura e descobrindo um pouco mais sobre o passado de Mia, entendemos seus medos, eu ao menos em muitas situações acredito que reagiria da mesma forma que ela, mesmo não tendo passado por traumas complicados como os que ela teve que enfrentar.

Sem obter sucesso ao abrir seu coração, AJ se vê abandonado por Mia e desiste de tentar conquistá-la... ao menos até encontrá-la alguns meses depois.

O livro é narrado em primeira pessoa e os capítulos são alternados entre Mia e AJ, o que já disse várias vezes aqui no blog, é meu tipo preferido de narrativa.

É um livro New Adult, então, não recomendo muito para jovens, mas como no primeiro livro, não são cenas de sexo aleatórias, tudo é bem encaixadinho na história que flui facilmente e te prende durante todo o livro.

É um romance que te faz suspirar de paixão pelo protagonista e acreditar naquela frase “o amor cura tudo”.

Adorei o livro e dou 4 estrelinhas!






Espero ansiosa pelo terceiro livro que trará a história de Rhys!


Comente com o Facebook:

4 comentários:

  1. Adoro suas resenhas de romances, sempre me da vontade de ler estas indicações.beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Claudia!
      Adoro romances também!
      beijos

      Excluir
  2. Não sou muito fã de romances mas sua resenha me deixou curioso e com vontade de tentar ler algo do tipo.
    Beijo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom, fico muito feliz com isso!
      ;)
      beijos

      Excluir