sexta-feira, 6 de março de 2015

Simplesmente Acontece : Resenha Filme x Livro

Nunca me interessei pelo livro Simplesmente Acontece por achar que se tratava de um romance clichê, embora tenha adorado o livro P.S Eu Te Amo que também é da mesma Autora, e por este motivo fui assistir ao filme sem ler o livro antes e o que posso dizer é que eu não poderia estar mais enganada! 

Fiquei apaixonada pelo filme e fui correndo ler o livro, para ver se também iria me encantar e duas noites depois aqui estou eu para contar o que achei deles para vocês.

Não vou fazer uma resenha detalhada do filme porque obviamente muita gente ainda não o assistiu e não quero dar spoilers sobre as mudanças que foram feitas na adaptação do livro para o cinema, então, como já fiz anteriormente no post de 50 tons de cinza, vou focar mais na minha opinião sobre o livro x filme e contar só o que acho que não atrapalhará na experiência de vocês quando assistirem ao filme.

Tanto o livro quanto o filme nos contam a história de Rosie e Alex que são melhores amigos desde a infância.
 Inseparáveis, sempre planejaram tudo juntos e quando terminam o ensino médio pretendem ir juntos para a faculdade, o que acaba não acontecendo pois enquanto ele ganha uma bolsa integral para estudar em Harvard ela descobre que está grávida de um cara com quem passou apenas uma noite (não é spoiler, está no trailer do filme)!
Enquanto tentam manter sua amizade à distância e descobrir se sentem algo a mais um pelo outro, o destino faz de tudo para separá-los durante os anos.

O livro é todo narrado em forma de emails, cartas e bilhetes, o que acho extremamente difícil, pois a narrativa epistolar muitas vezes tende a ficar cansativa, mas a autora desenvolve tão bem os personagens (tanto suas descrições físicas quanto suas personalidades) que a história não fica monótona, a ambientação é muito bem montada nas descrições feitas nas cartas/emails trocados entre os personagens e você consegue visualizar perfeitamente o local onde estão, o que é mais um ponto incrível que achei do livro.

A forma narrativa obviamente precisou ser modificada para o cinema, mas em nenhum momento deixou o filme a desejar.

Não posso dizer quer o filme é completamente fiel ao livro porque muitas modificações foram feitas, mas não me incomodou nem o fato de alguns personagens terem “sumido” (a irmã mais velha de Rosie não existe no filme, por exemplo)  e nem o fato de o filme contar cerca de 20 anos a menos do que no livro (no livro acompanhamos os personagens principais dos seus 7 anos de idade até os 50 e no filme somente até seus 30 e poucos anos) mudando assim um pouco a forma que o final se desenrola.

 Aliás, o fato de terem “encurtado” bastante o livro para as telonas, deixou na minha opinião o filme mais leve e dinâmico, deixando a parte mais carregada de drama de lado, transformando-o assim em uma comédia romântica mais simples.

O romance entre Rosie e Alex é muito lindo tanto no livro quanto no filme, mas confesso que durante o filme derramei várias lágrimas entre os desencontros da vida dos dois, o que já não aconteceu com o livro, não sei se foi pelo fato de ter visto o filme primeiro ou por ter achado que os atores tiveram uma química muito boa, mas o romance me cativou bem mais na tela.

A trilha sonora do filme é muito legal, sei que muita gente não gosta quando a trilha pontua a história, mas eu adoro exatamente isto, quando a música acompanha e se encaixa perfeitamente com o momento pelo qual o personagem está passando.

A única coisa que senti falta no filme foi ver Katie (filha da Rosie) maior, queria poder ter acompanhado na telona o desenrolar de sua estória já adolescente e depois adulta, pois foi uma das personagens que mais me apeguei no livro.

Tanto o livro quanto o filme convencem por tratar de assuntos que poderiam acontecer com qualquer um, aliás, acontece com milhares de pessoas, planos frustrados, sonhos adiados, gravidez indesejada, perdas, dificuldades financeiras, busca pelo amor, enfim, coisas simples e reais do dia a dia onde conseguimos de alguma forma nos identificar.

Recomendo para todos que gostam de um bom romance e pra quem ainda ficou em dúvida se vale a pena assisti-lo aí está o trailer para vocês conferirem melhor.



Se já assistiram o filme ou leram o livro, me digam se gostaram!

;)

Alice


Comente com o Facebook:

12 comentários:

  1. Adivinha!? O Livor está lá, esperando ansiosamente para ser lido, e eu não consigo me decidir se assisto ao filme ou se leio o livro! rs
    Caso ou compro uma bicicleta!? Rs
    Mas adorei a sua visão... e pelo que entendi os dois são ótimos. Mas então me fala. Livro ou filme primeiro? Ajuda amigaaaaa! :)

    Bjs
    *.*
    MaH

    @oquedissealice
    http.://oquedissealice.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Poxa Mah acho que não faz muita diferença ler o livro ou ver o filme antes neste caso não...eu não tinha a menor vontade de ler o livro até assistir o filme...mas vai que tu assiste, não gosta e acaba assim desistindo do livro? KKK fiquei mais confusa que você!
      Não sei te dizer amiga, massss acho que gostei do filme mais do que do livro (uns 2% só a mais).
      ;)

      Excluir
    2. Ai que difícil... mas acho que vou ver o filme primeiro!
      :)
      Depois te falo...
      Bjs
      MaH
      *.*

      Excluir
  2. Oi Alice.. Estava naquele dilema se lia ou via o filme direto.. Decidi ler o livro.. Ainda estou no inicio mas estou gostando badtante. Eu adoro livros em formas de e-mails.. Sempre achei rapido de ler e gostoso, nada cansativo. Assim q ler vou ver o filme. Gostri tanto do trailer..
    Boa comparação!
    Forever a Bookaholic
    Curta a página do blog

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Camylla ambos são muito bons, mas com bastante diferenças! Depois que assistir ao filme me conta o que achou se lembrar? ;)
      Beijos

      Excluir
  3. Tu sabe que não gostei do livro. E olha que Cecelia Ahern é minha segunda melhor escritora pra mim. Li em inglês Simplesmente acontece e sabe? É bem mais legal. Acredito que muito da tradução não ficou bom.Achei o livro bem pesado.
    Agora o filme!!!! Ficou um amorzinho. Eles realmente pegaram toda a essência do livro e transformaram em um filme leve, sério e muito gostoso de assistir!


    Beijinhos, Helana ♥
    In The Sky, Blog / Facebook In The Sky

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Helana, são tantas diferenças entre os dois que pra mim até os gêneros são diferentes, enquanto o livro é bem mais drama do que romance pro meu gosto, o filme é total comédia romântica. No livro muitos apertos que a Rosie passava me deixavam de coração apertado, chegando a ficar angustiada e sofrer junto com ela, e no filme só ficava de coração partido quando o casal se desencontrava ou não conseguia ficar junto...foram sentimentos diferentes e eu senti como se fossem duas histórias distintas...mas gostei de ambas. ;)
      beijos

      Excluir
  4. Alice, você acha que deveriam ter particionado o filme?Pelo que você escreveu, o filme é cerca de 20 anos mais curto que o livro, poderia dar uma boa sequencia

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho que uma sequência seria complicado, não achei ruim o fato de terem diminuído o tempo que nos é mostrado da vida dos personagens, só resumiu bastante os acontecimentos. É um filme que quase não se pode chamar de adaptação do livro para o cinema, o filme é inspirado na história do livro mas muito pouco fiel ao enredo dele.

      Excluir
  5. Eu preciso falar que vi o filme e me decepcionei com livro. Achei monótono e entediante. Queria vivenciar as ações em tempo real, como telespectador. Acho que o filme deu essa visão. O filme, como você disse, ficou beeeeem mais leve. A diminuição que eles fizeram deixou mais dinâmico, mais romântico e mais explicativo. O livro tem muita carga, o que, na minha opinião, sobrecarregou. Não sei se tenho essa opinião porque inventei de ler o livro todo em único dia, mas o livro, em relação ao filme, me decepcionou. Principalmente os relacionamentos frustantes que eles tiveram até se encontrarem.

    ResponderExcluir
  6. Eu assisti ao filme primeiro e tive a mesma reação de chorar com os desencontros dos dois. Mas o filme logo entrou pra listinha (que de inha não tem nada) de filmes que eu gostei muito. E fiquei muito interessada pelo livro, quando soube que era em forma de cartas/bilhetes/emails, eu fiquei um pouco decepcionada, porque eu esperava algo mais emocionante. Entretanto, quando comecei a ler, logo me "encaixei" na história e simplesmente fluía a imaginação das cenas e tudo mais. (E por sorte houve um período longo entre o filme x livro, não fiquei me lembrando exatamente de como era no filme).
    Eu li em menos de 7 h e fiquei seriamente em dúvida de qual eu gostei mais... Porém, o filme parece bem mais leve mesmo e gosto de terem resumido a história (fiquei triste/decepcionada com o final do livro... demorou taaaaanto).

    ResponderExcluir
  7. Eu li o livro primeiro e gostei do livro e do filme (O Livro me decepcionou) , achei que o livro ficou com a mesma história durante ele todo você acha que ia acontecer e não acontecia vivia frustrada estava tão ansiosa para saber como ia acabar que li em 1 dia, não gostei do final do livro na verdade tirando o romance do Alex e da Rosie eu amei a história , a filha o pai dela a irmã dela e todos os outros você se apega a cada um e odeia alguns kkk , só acho que o romance dos dois não acabou como queria , acho que poderia ter acabo melhor :( Mas amei os dois acho que ler o livro primeiro e melhor pois no filme a muitas mudanças e quando for ler vai demora se acostuma , mas isso vai da opinião de cada pessoa !

    ResponderExcluir