segunda-feira, 23 de fevereiro de 2015

Cinquenta tons de Cinza: Filme x Livro

Finalmente a tão aguardada adaptação para o cinema do livro Cinquenta tons de cinza chegou! 

Assisti ao filme já faz uma semana, porém, não tinha decidido ainda realmente se tinha gostado ou não, por isso a demora em vir contar para vocês.

Não li nenhuma crítica ou opinião até agora em blogs ou afins para não influenciar no que senti, e assim, poder contar exatamente isso aqui pra vocês, já que não sou uma crítica de cinema ou algo parecido, então tudo que posso dar é minha opinião pessoal. 
Vamos lá?

Bem, de cara já digo que sim, gostei do filme, mas...não, não chega nem perto do tanto que gosto do livro. Vou explicar melhor, já acrescentando aqui que pra quem não leu o livro e/ou não viu o filme, obviamente terá spoilers no que vou dizer.

Adorei o fato de que no filme tudo ficou mais dinâmico, uma das coisas que me incomodavam no livro eram os monólogos intermináveis de Anastasia, o que pela visão da câmera não existe, todos os sentimentos de dúvida, paixão, frustração da Ana, são passados apenas com o olhar e com o corpo, e isso foi muito bom.
Aliás, achei que Dakota Johnson “incorporou” muito bem a Ana, uma Ana até melhorada eu diria, pois no filme ela é muito mais divertida, tem umas tiradas bem cômicas e é bemmm menos tonta/bobona que no livro.

Quanto ao Christian Grey, não tem muito jeito, Jamie Dornan realmente não é nem um pouco como eu imaginava o Grey fisicamente e até nas atitudes, no livro ele é muito mais stalker dela, muito mais dominador e obsecado, mas, também não foi uma atuação sofrível, foi legal, o ator mostrou bem a mudança do Christian no desenrolar da estória, onde no início se mostrava um cara tão seguro de si que chegava a beirar a arrogância, e no final, todas as mudanças que aconteceram em sua vida com a chegada de Ana deixaram-no completamente confuso, e o ator conseguiu nos passar esta confusão muito bem. 
O ponto alto do ator como Christian é que ele tem uma voz muito sexy, então, por favor, nada de assistirem dublado!

O ponto mais fraco do filme na minha opinião, é o fato de eu ter achado o roteiro mal feito, cheio de cenas soltas que pareciam corridas demais ou totalmente aleatórias, cortaram momentos importantes da estória e outros passaram muito corrido (como a visita que Ana faz a sua Mãe). Aliás, os personagens secundários foram muito pouco explorados, Kate, a colega de apartamento de Ana, mal aparece sendo que a interação das duas no livro é muito legal e essencial para mostrar o quanto são unidas e amigas, e os outros personagens então, foram praticamente figurantes no filme, achei isso muito chato pois todos são muito bem construídos no livro.

Os pontos fortes do filme para mim foram a trilha sonora maravilhosa, onde cada música se encaixa perfeitamente no que está acontecendo no momento, e a estética visual, a fotografia do filme é linda e a ambientação dos cenários como o apartamento do Christian e o famoso “quarto vermelho da dor” são de tirar o fôlego de tão perfeitas.

Quanto as tão comentadas e polêmicas cenas de sexo, achei-as bem feitas e de bom gosto, nada muito apelativo e muito menos vulgares.

Para mim, Cinquenta tons de Cinza é uma estória de amor, picante, controversa, mas ainda assim de amor, e senti falta de ir construindo o sentimento junto dos personagens como aconteceu no livro, achei que ficou tudo muito superficial.

O fato de o filme ser mais leve e com alguns momentos divertidos foi interessante e o final também me agradou, ver Ana ganhando força enquanto Christian vai perdendo-a foi bem interessante.


 Não me arrependo de ter visto o filme, aliás, gostei dele e estou ansiosa pelas continuações, só não crie expectativas de que será muito fiel ao livro, ou que te envolverá da mesma forma, porque comigo ao menos, isso não aconteceu.

Se você já assistiu, me conta o que achou? Vou adorar saber se suas impressões foram parecidas com as minhas ou totalmente opostas!

Alice

Comente com o Facebook:

3 comentários:

  1. Eu sinceramente gostei do filme, fui com aquilo de "vou ver filme de mulher", mas você via que tinha vários casais la, o filme me surpreendeu muito. Estou ansioso para ver a continuação.

    ResponderExcluir
  2. Oie!!! Minhas opiniões e reações foram bem parecidas com as suas, Alice.
    A expectativa enorme frustrou um pouco, mas deixando o 'baque' de lado, acho que foi um bom filme, com prós e contras. Eu fiz que nem você, nem quis saber o que as pessoas estavam achando ou falando, ams como sei que sou curiosa e influenciável, fui logo an primeira sessão! rs
    Que venham os próximos, né?!

    Bjs
    *.*

    @oquedissealice
    http://oquedissealice.blogpot.com.br

    ResponderExcluir
  3. Estou querendo assistir ao filme! Não li o livro, estou aguardando uma oportunidade para ler. E realmente, tem alguns filmes que dublados acabam com a principal característica e ponto forte do ator: a voz! Ouvi muita gente falando bem do filme, vamos ver!

    Quando assistir te conto o que eu achei!

    Beijinhos :*

    blog: www.diadeescrever.blogspot.com
    twitter: @diadeescrever

    ResponderExcluir