quarta-feira, 28 de janeiro de 2015

RESENHA: Corações Feridos - Louisa Reid


Sinopse - "Hephzibah e Rebecca são irmãs gêmeas, mas muito diferentes. 
Enquanto Hephzi é linda e voluntariosa, Reb sofre da Síndrome de Treacher Collins que deformou enormemente seu rosto e é mais cuidadosa. 
Apesar de suas diferenças, as garotas são como quaisquer irmãs: implicam uma com a outra, mas se amam e se defendem. 
E também guardam um segredo terrível como só irmãos conseguem guardar. Um segredo que esconde o que acontece quando seu pai, um religioso fanático, tranca a porta de casa. 
No entanto, quando a ousada Hephzibah começa a vislumbrar a possibilidade de escapar da opressão em que vive, os segredos que rondam sua família cobram-lhe um preço alto: seu trágico fim. 
E só Rebecca, que esteve o tempo todo ao lado da irmã, sabe a verdadeira causa de sua morte... Hephzi sonhara escapar, mas falhara. Será que Rebecca poderia encontrar, finalmente, a liberdade?".

Eu não tinha ouvido falar muito a respeito deste livro, mas assim que li a sinopse me interessei de imediato, ainda mais por ser acredito eu, uma posta nova da Novo Conceito, que não costuma publicar livros com tamanha carga dramática.

O livro nos conta a estória de de Hephzibah e Rebecca, ou apenas Hephzi e Reb como elas gostam de se chamar, irmãs gêmeas muito diferentes física e emocionalmente. 
Hephzi e Reb foram criadas por seus pais, fanáticos religiosos, afastadas da sociedade, não frequentavam a escola (a mãe das meninas ensinava em casa apenas o que achava correto, basicamente matemática e inglês), não tinham amigos e suas únicas atividades eram ajudar em casa e ir ao culto do pai que é pastor.
Quando as gêmeas completam 17 anos os pais permitem que frequentem o 2º grau em uma escola, e é a partir daí que, ao terem contato com pessoas da sua idade que vivem em uma realidade diferente, as meninas começam a perceber o quão errado é a vida que elas vem levando até então. Enquanto Reb permanece tentando manter-se isolada, Hephzi logo se enturma com os colegas fazendo novas amizades e querendo levar uma vida normal de adolescente mesmo sabendo o risco que suas ações podem acarretar em sua vida.
O livro é narrado em capítulos intercalados entre as irmãs, enquanto Reb narra o presente, onde já começamos sabendo que Hephzi morreu, o capítulo seguinte quem nos conta a estória é Hephzi, nos mostrando os acontecimentos passados que acabaram levando-a a morte.
Os personagens são muito bem caracterizados, é angustiante ver o sofrimento psicológico e físico que os pais das meninas as submetem, a humilhação diária que Reb precisa enfrentar diante de sua doença que nem ela mesmo entende por ter aprendido desde muito nova que era assim simplesmente por ser um monstro, uma aberração da natureza.
 Por alguns relatos da infância das meninas ficamos sabendo que elas tinham uma avó muito amorosa que até tentou dar-lhes afeto e ensinar-lhes algumas coisas da vida, o que logo foi podado pela crueldade do pai. 
A escrita da Autora é bem detalhista, ela não poupa o leitor quando narra as maldades cometidas pelos pais com as irmãs, que logo percebemos que não são apenas fanáticos religiosos, são sádicos, torturadores e não tem um pingo de afeição pelas filhas.
 Os sentimentos de dúvida, dor pela perda da irmã, medo e confusão de Reb também são muito bem descritos, o que faz a leitura ser em muitos momentos dolorosamente real.

Corações Feridos é um drama psicológico realmente bem construído, com um final fechadinho onde tudo fica bem explicado mesmo que não tenha sido tão bem elaborado quanto eu desejava. Recomendo a leitura para quem gosta de mistérios, dramas familiares e psicológicos.


Alice

Comente com o Facebook:

2 comentários:

  1. Não conhecia o livro, também.
    Mas pelo que vi aqui, me interessou bastante.... Aliás, a Novo Conceito tem ganhado uma boa parte das minhas prateleiras ultimamente, viu!?

    Bjs
    MaH

    http://oquedissealice.blogspot.com.br
    @oquedissealice

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Leia sim Mah é uma leitura muito rica, tanto em personagens muito bem caracterizados quanto a estória super envolvente! Beijos

      Excluir